fbpx
Download Gratuito!

Download Gratuito!

Receba GRÁTIS o seu Guia Definitivo que ensina a desenvolver um TCC do início ao fim em 30 dias. Só precisa se inscrever:

Seu e-mail está 100% seguro!

7 Dicas para escolher um bom orientador de TCC

7 Dicas para escolher um bom orientador de TCC

O professor orientador de TCC é a pessoa designada para lhe ajudar etapa por etapa no TCC. É um professor que vai acompanhar todos os processos da sua monografia, fazendo cobranças, corrigindo quando for necessário e elogiando quando as coisas estiverem bem.

Pelo menos é isso que se espera de um orientador. Infelizmente alguns pouco ajudam e se limitam a verificar se a formatação está de acordo com as Normas ABNT.

Isso pode acabar determinando o sucesso ou fracasso do aluno em seu trabalho de conclusão de curso.

Neste artigo veremos 7 Dicas para Escolher um Orientador de TCC e fazer a escolha certeira.

É importante ressaltar que possuir um bom orientador ajuda muito, mas o empenho, a dedicação e a vontade por parte do aluno são pontos primordiais para a realização de um TCC.

O papel do orientador de TCC

O papel do professor orientador de TCC é dar assistência ao aluno que está fazendo a monografia, participando de todas as etapas do projeto.

O orientador de TCC será uma espécie de mentor. É alguém que ficará encarregado de lhe prestar ajuda quando for necessário e agregar conhecimento à sua monografia.

Também é dever dele mostrar o caminho que você deve seguir. É muito raro algum acadêmico chegar no final do curso já sabendo como fazer um TCC do início ao fim sem errar nada.

O orientador de TCC também é aquele que encoraja o aluno, que motiva e não o deixa desistir. Deve fazer cobranças constantes para que a moleza não tome conta do aluno.

Outra função do orientador é realizar correções, dizer o que está certo e errado e solicitar que o seu orientado siga as suas instruções.

Bons orientadores vão além disso tudo e “sofrem junto com o aluno”. São professores que auxiliam na busca por livros, que pesquisam sobre o assunto para poder lhe orientar da melhor forma possível e que está sempre de prontidão para prestar auxílio.

E é atrás desse tipo de orientador que você deve ir atrás. Você verá 7 dicas para fazer isso.

A diferença do orientador de TCC nas instituições de ensino

Algumas universidades optam por definir um orientador de TCC fixo, ou vários. Será uma pessoa que fará a orientação de uma turma inteira de formandos. Essas orientações poderão ser individuais ou em grupo.

Nesse tipo de situação, as orientações costumam ser mais produtivas e o professor é mais ativo na elaboração do TCC, visto que esta é a única função dele. As cobranças podem ser mais intensas e o professor precisa possuir conhecimentos gerais para conseguir orientar com eficácia.

Outras universidades determinam que o aluno vá atrás de um orientador de TCC. E este parece ser o caso mais comum no Brasil.

Como benefício pode-se dizer que o aluno terá a possibilidade de escolher um professor especialista no assunto central da sua monografia ou ainda alguém com quem possua maior afinidade.

No entanto, esse professor tem seus próprios compromissos, como dar as suas aulas, correções de provas, trabalhos, inexperiência em orientações de TCC, e as vezes outros trabalhos profissionais…

E o maior prejudicado com tudo isso certamente é o acadêmico, que acaba se perdendo no meio do caminho por conta de uma orientação fraca e vai para a banca tomar uma sapecada dos avaliadores.

Sendo assim, se a sua universidade define que você deve ir atrás de um orientador de TCC, confira essas dicas para fazer a escolha certeira.

Se a sua universidade possui um ou vários orientadores fixos, pule para a sétima dica pois ela é ideal para essas duas situações.

7 dicas para escolher o melhor orientador de TCC

Veja agora as dicas para encontrar um bom professor para orientar você durante o trabalho de conclusão de curso e tente não errar na escolha.

Faça a busca com antecedência

Um dos erros mais comuns certamente é procurar um orientador de TCC em cima da hora. Os melhores professores costumam ser também os mais disputados, portanto parece meio lógico que o acadêmico que demorar para se mexer é aquele que menos opções terá.

Alguns professores aceitam orientar apenas um ou dois alunos por semestre. Também nada o impede de recusar o convite para ser o orientador do seu TCC.

Agora imagine que você procurou um professor para lhe orientar bem em cima da hora, e este por alguma razão não pôde ou não quis aceitar. Será preciso ir atrás de um plano B, com pouquíssimo tempo. Pense bem nisso!

Leve em consideração a formação do professor e suas experiências profissionais

Imagine que você seja um recrutador e precise encontrar algum pessoa para a vaga de vendedor. Aparecem três candidatos, um que era pedreiro, outro que era mecânico e outro que já trabalhou com vendas.

Provavelmente esse terceiro é o que terá mais chances de dar certo. E é assim também no TCC. Não adianta ir atrás de professores que pouco possuem conhecimento relacionado ao seu projeto de pesquisa.

Por mais que sejam bons professores, tenham um excelente currículo, a tendência é que não consigam lhe orientar da melhor forma.

Sendo assim, analise a formação, suas experiências profissionais e pessoais. Há várias formas de fazer isso hoje em dia. A primeira é perguntando pessoalmente.

A segunda é pesquisando através de sites como o Curriculum Lates, Escavador e LinkedIn. As vezes a própria universidade disponibiliza o histórico do professor.

Nada impede de utilizar as duas formas, mas faça isso!

Busque opiniões de ex-alunos

Escutar o que os alunos que já foram orientados por tal professor é uma excelente forma de descobrir se aquela opção leva a sério o papel do orientador de TCC.

Você provavelmente procura as avaliações de um restaurante que não conhece antes de visitá-lo. Faça isso na escolha do orientador.

Se for uma pessoa que pouca importância dá ao acadêmico, ou que não possui condição alguma de orientar, você certamente descobrirá.

Cuidado para não se enganar. Assim como nas avaliações de restaurantes, você não deve se basear apenas em um cliente isolado que falou mal da comida. Mas se várias pessoas estão falando mal, abra o olho…

Na escolha do orientador é a mesma coisa. Não se deixe levar pelo papo furado de apenas um ex-aluno que passou por apuros no TCC e jogou a culpa inteira no professor. Busque várias opiniões, aí sim será possível fazer uma boa análise.

Monografis oferta87 - 7 Dicas para escolher um bom orientador de TCC

Afinidade é bom, mas não é o principal

Muitos acadêmicos escolhem seus orientadores com base na afinidade, amizade com tal professor, ou ainda por conta da popularidade deste na universidade. Possuir afinidade é muito bom e certamente deixa os dois lados mais à vontade para expor suas colocações.

No entanto isso pouco irá adiantar se esta pessoa não possuir um conhecimento mais específico na área da sua monografia. Portanto não defina um orientador apenas com base na amizade.

Avalie a sua disponibilidade de tempo

De professores ocupados você deve ficar longe. Por mais que sejam boas pessoas e possuam conhecimento avançado na área que você vai pesquisar, eles não terão tempo para lhe ajudar.

E isso é uma das piores coisas que podem acontecer.

Você precisa de alguém que esteja disponível pelo menos 3 a 4 dias por semana para responder e-mails, mensagens, marcar orientações fora de plano (aquelas urgentes), enviar aquelas correções rapidamente…

Haverá momentos que o cerco vai apertar. Suponha que você “travou” em alguma parte, seu TCC vai ficar parado durante 1 ou 2 semanas porque o orientador não tem tempo de ajudar?

Portanto analise a disponibilidade, é um ponto muito importante.

Avalie as opções

Diante das dicas anteriores, certamente já foi possível riscar algumas opções de orientadores, bem como adicionar novos nomes à sua lista.

É importante fazer uma avaliação, comparar um a um e definir então qual vai ser o plano A, B,C…

Faça uma tabela, coloque os pontos fortes e fracos de cada um e cruze essas informações. De alguma forma, será possível definir a melhor opção. Então corra atrás dessa pessoa para lhe orientar.

Um orientador extra

Sabia que você pode ter um excelente orientador disponível 24 horas por dia todos os dias da semana?

Esse “orientador extra” não é uma pessoa, mas sim um software que orienta passo a passo como fazer o TCC.

Ao invés de desenvolver o seu trabalho pelo Word, você desenvolve pelo Software Monografis, que irá dizer instantaneamente o que você deve fazer, o que você está fazendo errado e o que está certo.

Sempre que precisar, é só exportar o arquivo para o Word já configurado nas Normas ABNT automaticamente ou compartilhar o acesso com o seu orientador.

O Monografis também presta suporte total ao aluno. É possível solicitar ajuda, marcar consultorias e participar do maior grupo secreto de TCC do Brasil.

Se você quer fazer parte disso e possuir um “orientador extra”, visite o Site Oficial do Monografis.

Além do software, do suporte e de vários bônus que você recebe, o Monografis ainda possui um curso que ensina passo a passo como elaborar um TCC.

Sempre que houver alguma dúvida é só consultar as videoaulas, que são curtinhas (de 3 a 5 minutos) e bem diretas ao ponto. É possível assistir quantas vezes quiser.

Ebook Grátis!

Ebook Grátis!

Receba GRÁTIS o seu Guia Definitivo que ensina a desenvolver um TCC do início ao fim em 30 dias. Só precisa se inscrever:

Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Professor Bruno H. Nindenberg
Professor Bruno H. Nindenberg

Minha missão é te mostrar o caminho para que você consiga desenvolver um TCC do começo ao fim sem travar em nenhuma etapa.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *