fbpx
Download Gratuito!

Download Gratuito!

Receba GRÁTIS o seu Guia Definitivo que ensina a desenvolver um TCC do início ao fim em 30 dias. Só precisa se inscrever:

Seu e-mail está 100% seguro!

Revisão de TCC: 6 erros simples que você pode corrigir agora – PARTE 1

Revisão de TCC: 6 erros simples que você pode corrigir agora – PARTE 1

O artigo de hoje é o primeiro de uma série que será postada periodicamente aqui no blog. Serão listados erros comuns que você poderá consertar com facilidade em uma simples revisão de TCC.

Alguns erros são graves, outros não. Mas certamente todos eles darão alguma brecha para uma possível contestação em banca ou na perca de pontos na nota final.

Descubra agora 6 erros que são cometidos por milhares de acadêmicos a cada semestre. E fique de olho, que logo publicaremos a parte 2.

6 Erros MUITO comuns que você pode resolver na revisão de TCC

Veja 6 erros que você pode evitar com uma simples revisão de TCC e eliminar as possibilidades de receber perguntas desnecessárias na banca

Os deslizes que serão revelados a seguir serão focados na organização do trabalho. São na maioria erros de organização que podem desligar uma seção de outra ou tornar todo o TCC uma bagunça.

Mas tranquilize-se, pois com com uma boa revisão de TCC, é possível resolver com facilidade qualquer um desses pontos a seguir.

#1 – Iniciar uma seção sem introduzir o conteúdo

Sempre que você for iniciar uma seção no TCC, seja ela primária, secundária, terciária, quaternária ou quinária, insira uma introdução que informe sobre o que se trata esta porção de conteúdo.

Veja um exemplo recomendado:

Sempre que uma nova seção for aberta no seu trabalho de conclusão de curso, realize uma breve introdução sobre ela.

No exemplo acima, o leitor terá uma breve noção do que se trata o capítulo. Perceba que foram apenas duas linhas, escrever duas linhas alguma introdução sobre o capítulo inteiro é uma das coisas mais fáceis do mundo.

Agora veja um exemplo não recomendado:

De forma alguma um título poderá ser seguido por outro título sem que exista conteúdo entre elas. Revise o TCC em busca desses deslizes.

Neste segundo exemplo, ficou a impressão de que o autor esqueceu de escrever algo, que o Word “comeu” alguma parte do texto ou que teve preguiça de fazer uma breve introdução sobre o conteúdo.

Sendo assim, NUNCA no seu trabalho de conclusão de curso inicie uma seção sem fazer uma breve descrição sobre o que o leitor irá encontrar em seguida.

Se existem seções dessa forma, revise o TCC e corrija.

#2 – Terminar uma seção do TCC com figura

Toda vez que você inserir uma figura no seu trabalho de conclusão de curso, comente sobre ela em seguida. Mesmo que seja um gráfico muito óbvio ou uma imagem que possua apenas um significado, você deverá descrevê-la e/ou comentá-la ao leitor.

Veja só um exemplo correto:

Jamais termine uma seção do TCC com figuras, faça uma revisão de TCC e elimine estes erros

A mesma regra vale para tabelas, quadros, gráficos…

Nunca deixe o leitor sozinho, sempre explique com detalhes cada ponto da sua pesquisa. As vezes pode parecer algo muito inútil para você (autor do trabalho), mas nem sempre o leitor possui a mesma visão e percepção. Afinal, ele não desenvolveu a pesquisa.

Tendo isto como uma regra, você não cometerá o erro de terminar uma seção com alguma figura.

#3 – Usar citações sem autores

Sempre que você citar alguma ideia de outro autor, informe qual é esse autor(es) e informe também onde é possível localizar esta fração de texto no material consultado.

Se você não sabe como fazer uma citação, seja ela direta (longa ou curta), ou indireta, conheça esta ferramenta que faz todo o processo automaticamente dentro das Normas ABNT. Basta preencher as informações e copiar no seu texto.

Caso você cite uma informação e não informe a autoria, seu TCC será qualificado como plágio.

#4 – Usar excesso de citações sem argumentar

Alguns acadêmicos e também alguns orientadores de TCC acreditam que o trabalho de conclusão de curso é um documento onde se deve inserir o máximo de citações possíveis sobre o tema.

Isto é um grande equivoco, pois o que importa é a qualidade e relevância das informações citadas e a autoridade dos autores no assunto.

Encher o TCC de citações e não fazer uma argumentação sobre elas irá parecer que você se preocupou apenas em reunir opiniões e ideias de autores e esqueceu de formar a sua própria opinião como pesquisador.

#5 – Muitas citações direta longa

Monografias com muitas citações do tipo direta longa são péssimas de ler. Ninguém gosta de ficar lendo uma citação longa, sendo assim utilize apenas quando necessário.

Tente transformar esta citação direta longa em uma citação indireta. Acredite, os avaliadores irão aprovar esta atitude.

Excesso de citações longas deixam o trabalho “pesado” e atrapalham a leitura. Quando o leitor termina de ler a citação, já se esqueceu do conteúdo que estava sendo apresentado anteriormente. Ela tira a concentração…

#6 – Utilizar o Apud sem necessidade

O termo “apud” é utilizado para indicar que a ideia se trata de uma citação de uma citação. É uma forma de dizer que o autor que você consultou citou outro autor na sua obra.

No entanto só se deve utilizar o apud quando não possuir acesso à obra citada. Você como pesquisador possui a “obrigação” de apurar as fontes que utiliza, o termo apud pode indicar que essa averiguação não aconteceu.

Muitas vezes é possível encontrar essa obra com facilidade, na biblioteca da sua faculdade ou na internet. A recomendação é que você consulte sempre a fonte na “raiz”.

Resumo

Nos erros comuns cometidos por acadêmicos no TCC do artigo de hoje, aprendemos que…

Não se deve deixar uma seção em branco, ou seja, sem conteúdo. Faça uma revisão no seu TCC e se encontrar alguma seção sem conteúdo, elabore pelo menos uma breve introdução sobre ela.

Jamais terminar uma seção do TCC com uma figura, tabela ou quadro. Sempre que você inserir algum elemento no seu trabalho, faça um comentário sobre ele.

Também vimos que usar citações sem autores é uma grande furada e poderá comprometer todo o seu projeto. Revise o seu TCC em busca deles e substitua-as.

Outro ponto que você certamente deverá evitar é ficar citando autores sem argumentar sobre as suas ideias. Essa prática torna a monografia apenas um amontado de ideias terceirizadas.

As citações longas você também deverá evitar. Utilize-as apenas quando for necessário e tente transformá-las em citações indiretas.

E o mesmo vale para o termo “apud” que indica que se trata de uma citação de citação. Utilize apenas caso não possua acesso à obra original. É sempre melhor citar a fonte na “raiz”.

O TCC Sem Drama é um dos melhores cursos para você aprender como fazer um TCC pronto 10x mais rápido

Você sabia? Mais de 8.000 alunos já foram aprovados no TCC com excelentes notas através das orientações do TCC Sem Drama e você pode ser o próximo!

O TCC Sem Drama é um curso voltado à alunos que desejam fazer o trabalho de conclusão de curso e muito menos tempo e mesmo assim receber elogios da banca avaliadora.

Inscreva-se agora através deste link e garanta mais de 40 videoaulas, 2 ebooks e dezenas de incríveis bônus em materiais exclusivos para alunos.

O TCC Sem Drama está em constante evolução, cada semana novos assuntos são adicionados ou atualizados.

Por exemplo, recentemente foi adicionado um software que formata todo o seu trabalho dentro das Normas ABNT.

Ebook Grátis!

Ebook Grátis!

Receba GRÁTIS o seu Guia Definitivo que ensina a desenvolver um TCC do início ao fim em 30 dias. Só precisa se inscrever:

Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Professor Bruno H. Nindenberg
Professor Bruno H. Nindenberg

Minha missão é te mostrar o caminho para que você consiga desenvolver um TCC do começo ao fim sem travar em nenhuma etapa.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *